Presidente sanciona lei que incentiva o ciclismo nas cidades: mais mobilidade e participação popular

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou uma nova lei que visa incentivar o uso de bicicletas como meio de transporte nas cidades. A medida tem como objetivo principal estimular a participação da população na criação de infraestruturas para o tráfego de bicicletas e fornecer diretrizes aos municípios interessados em expandir suas áreas urbanas.

A divulgação da nova legislação foi realizada por meio de uma edição adicional do Diário Oficial da União recentemente. A sanção tem como propósito garantir a utilização de novos meios de transporte e impulsionar o crescimento do ciclismo como uma opção individual de deslocamento.

Medida visa melhorar a mobilidade urbana

Com essa intenção, houve um aumento na participação da sociedade civil no Programa Bicicleta Brasil (PBB). Além disso, os municípios que desejarem expandir suas áreas urbanas devem elaborar um projeto específico que inclua, no mínimo, um planejamento integrado do transporte urbano, contemplando também os veículos não motorizados.

O objetivo principal dessa nova lei é melhorar a mobilidade urbana, oferecendo alternativas sustentáveis e saudáveis para a população. Com a implementação dessa medida, espera-se que os municípios invistam em ciclovias, ciclofaixas e estacionamentos para bicicletas, além de promover campanhas educativas para conscientizar os cidadãos sobre os benefícios do ciclismo.

Bicicleta como opção econômica e saudável

Essa medida está alinhada com as tendências mundiais de incentivo à mobilidade ativa e ao uso de meios de transporte não poluentes. A bicicleta é uma opção econômica, sustentável e saudável, que contribui para a redução do congestionamento nas cidades e para a melhoria da qualidade de vida dos seus habitantes.

O Brasil possui um imenso potencial para o uso da bicicleta como meio de transporte, tanto em áreas urbanas quanto em áreas rurais. Com a sanção dessa lei, espera-se que cada vez mais pessoas adotem a bicicleta como uma forma de se locomover, contribuindo para a preservação do meio ambiente e para a melhoria da saúde e bem-estar da população.

Você vai gostar:  Protestos De Agricultores Interrompem Competição Ciclística No Sul Da Espanha
Notícia
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ratificou a Lei de número 14.729, com o intuito de fomentar o uso de bicicletas como meio de locomoção.
A medida busca incentivar a participação popular na implantação de estruturas voltadas para o tráfego de bicicletas e fornecer diretrizes aos municípios interessados em expandir suas áreas urbanas.
A divulgação do conteúdo legal ocorreu em uma edição adicional do Diário Oficial da União na semana passada.
A sanção visa assegurar a utilização de novos meios de transporte e promover o crescimento do ciclismo como uma opção individual de deslocamento.
Com esse propósito, ampliou-se a participação da sociedade civil no âmbito do Programa Bicicleta Brasil (PBB).
Além disso, os municípios que almejarem expandir suas zonas urbanas devem elaborar um projeto específico contendo, no mínimo, um planejamento integrado do transporte urbano, incluindo veículos não motorizados.
A meta é aprimorar a mobilidade.

Com informações do site Portal do Trânsito.

Deixe um comentário