Pedal Além da Visão Retoma Atividades em Cuiabá Fomentando Inclusão e Saúde

O projeto “Pedal Além da Visão”, dedicado a promover a integração de pessoas com deficiência visual no esporte do ciclismo, anuncia o retorno de suas atividades em 20 de fevereiro na cidade de Cuiabá. Com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), a iniciativa visa oferecer bem-estar físico e emocional aos participantes, disponibilizando bicicletas adaptadas para trajetos conjuntos. As atividades, que ocorrem às terças e quintas-feiras, proporcionam não apenas exercício, mas também inclusão social e superação de barreiras.

As saídas semanais do projeto são organizadas com pontos de partida específicos, abrangendo trajetos conhecidos da região como a Orla do Porto e parques renomados. Nas terças-feiras, o grupo realiza pedaladas coletivas com distâncias que podem alcançar até 38 quilômetros, enquanto as quintas-feiras são reservadas para a integração e treinamento dos novatos. Este esquema permite tanto aos ciclistas experientes quanto aos iniciantes a oportunidade de se envolverem ativamente no projeto.

A liderança do “Pedal Além da Visão” é composta por Tiago Lima, atleta com deficiência visual total e ex-jogador de Goalball, Jonas Silva, também atleta, e Zayre Lavor, pedagoga. A ideia do projeto surgiu durante o período de isolamento social provocado pela pandemia da Covid-19, como uma forma de manter os envolvidos fisicamente ativos e mentalmente saudáveis. Desde então, tem sido um pilar de inclusão social para aqueles que buscam superar limitações por meio do esporte.

Impacto Social e Apoio

Com financiamento do Instituto Inca e apoio financeiro através de emendas parlamentares pela Secel-MT, o “Pedal Além da Visão” não só torna o ciclismo adaptado acessível para seus participantes mas também melhora significativamente sua qualidade de vida. Tiago Lima destaca os benefícios físicos da prática esportiva regular e ressalta como o projeto contribui para a saúde mental dos participantes, ajudando no combate à ansiedade e depressão e fortalecendo os laços sociais dentro da comunidade.

Você vai gostar:  Valdinéia Brilha e Conquista Ouro na 11ª Volta Ciclística Feminina de São Carlos

Para aqueles que desejam contribuir ou obter mais informações sobre o projeto “Pedal Além da Visão”, há canais diretos de comunicação via telefone com Jonas Silva. Esta iniciativa sublinha o impacto positivo que a solidariedade combinada ao esporte pode ter na sociedade, eliminando as barreiras enfrentadas por pessoas com deficiência visual e expandindo seus horizontes tanto fisicamente quanto socialmente.

Data de retorno 20 de fevereiro
Local Cuiabá
Objetivo Promover o ciclismo para cidadãos com limitações visuais

Com informações do site RDNEWS.

Deixe um comentário