Frevo Surpreende e Ultrapassa Ciclismo e Futebol em Queima Calórica

Em uma descoberta surpreendente pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), foi revelado que o frevo, uma tradicional dança brasileira, pode queimar mais calorias do que atividades como ciclismo ou futebol. Esta conclusão emergiu de um estudo avançado que avaliou o potencial energético do frevo como método eficaz para treinamentos físicos. Realizada pelo departamento de pós-graduação em Educação Física da UFPE, a pesquisa analisou a performance de passistas durante ensaios de uma hora, evidenciando a alta demanda energética da dança.

O estudo agora avança para uma fase crucial, com o objetivo de consolidar o frevo como uma opção estratégica nos regimes fitness adotados por academias. Sustentado por financiamento da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe), o projeto busca reintroduzir esse estilo musical não apenas como um componente valioso do patrimônio cultural, mas também como uma alternativa estimulante e gratificante para programas de exercícios físicos.

Os primeiros testes, iniciados em 2018 com seis dançarinos de ambos os sexos, submeteram-se a cinco séries experimentais intercalando atuações intensas com intervalos de descanso. Os resultados iniciais foram promissores, posicionando o frevo em pé de igualdade ou até mesmo superior a outras atividades aeróbicas reconhecidas, como jump e corridas longas. A validação dos dados envolveu tecnologia avançada para análise gasosa e exames sanguíneos que monitoraram os níveis de lactato.

Expansão da Pesquisa

A etapa seguinte da pesquisa começou em 2023, alargando a participação para mais indivíduos e focando especialmente em mulheres acima dos 40 anos. O objetivo é destacar o valor inclusivo do frevo, particularmente entre aqueles sedentários que procuram motivação extra para adotar um estilo de vida saudável. Segundo Eduardo Zapaterra Campos, professor envolvido no projeto, melhorar as habilidades no frevo resulta em um aumento direto do gasto energético por meio da complexidade dos movimentos.

Você vai gostar:  Técnico da Seleção Brasileira de Ciclismo Suspenso por Assédio Sexual

Especialistas envolvidos no estudo comemoraram esses achados, sublinhando o potencial inovador do frevo enquanto atividade física abrangente comparada a modalidades intensivas como o crossfit. A possibilidade de o frevo vir a ser tendência nas academias é vista como um passo significativo para ampliar sua influência além das fronteiras culturais e geográficas.

Além dos benefícios metabólicos, a pesquisa destaca as vantagens múltiplas oferecidas pela prática regular do frevo: melhoria na saúde cardiovascular; promoção da perda ponderal; desenvolvimento muscular equilibrado; ampliação das habilidades motoras; aumento na flexibilidade articular; estímulo cognitivo através da aprendizagem de coreografias; redução significativa dos níveis de estresse e ansiedade; além da promoção da coesão social pelo aspecto grupal das danças.

Descoberta O frevo possui potencial energético superior ao ciclismo e futebol.
Pesquisa Realizada pela UFPE, focada na eficácia do frevo para treinamentos físicos.
Impacto Frevo pode se tornar opção estratégica em regimes fitness de academias.

Com informações do site Correio Braziliense.

Deixe um comentário