Frevo Supera Ciclismo e Futebol em Queima Calórica, Aponta Estudo da UFPE

Um estudo realizado pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) revela que a prática do frevo pode superar atividades como ciclismo e futebol em termos de queima calórica. Conduzida pelo Programa de Pós-graduação em Educação Física, a pesquisa aponta que uma hora de dança frevo equivale a um exercício de alta intensidade. Financiada pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco, esta investigação não só enaltece essa expressão cultural, reconhecida como patrimônio da humanidade, mas também busca oferecer uma opção divertida e eficaz para quem busca alternativas aos tradicionais regimes de exercícios em academias.

O projeto teve início em 2018, envolvendo inicialmente seis passistas na realização de treinos específicos. Foram utilizados dispositivos portáteis para medir o gasto energético durante as atividades e amostras sanguíneas para analisar a produção de lactato. Em 2023, a pesquisa avançou para sua segunda fase, com planos de expandir a amostra para quinze participantes e incluir mulheres maduras no estudo.

Eduardo Zapaterra Campos, docente no Departamento de Educação Física da UFPE e um dos responsáveis pelo estudo, defende o frevo como uma alternativa estimulante para pessoas menos ativas fisicamente. Luan Soares e Bruna Renata, ambos profissionais da educação física e entusiastas do frevo, destacam os benefícios dessa dança para o condicionamento aeróbico e físico geral.

Além do auxílio na queima de calorias, a prática do frevo traz benefícios cardiovasculares significativos devido à sua intensidade. Contribui também para o fortalecimento muscular abrangente, incluindo membros inferiores e superiores, além de melhorar habilidades motoras através da exigência de coordenação para a execução dos passos. A dança promove ainda o aumento da flexibilidade corporal.

Ademais, incorporar o frevo nos treinos pode estimular aspectos mentais como memória e capacidade cognitiva, oferecer alívio contra tensões psicológicas através do relaxamento e fomentar laços sociais pelo compartilhamento desses momentos. Com base nos resultados obtidos até agora, espera-se reforçar as virtudes terapêuticas e esportivas do frevo, propondo-o como uma inovadora modalidade fitness.

Você vai gostar:  Aline De Souza: Da Paixão Esquecida ao Pódio no Ciclismo
Local da pesquisa Universidade Federal de Pernambuco
Atividade mais eficiente Praticar frevo
Benefícios destacados Queima calórica, fortalecimento corporal, melhora habilidades motoras, estimula faculdades mentais

Com informações do site Correio Braziliense.

Deixe um comentário