Descubra 7 Fatos Inesperados Sobre Eddy Merckx

Considerado uma verdadeira lenda do ciclismo, Édouard Louis Joseph Merckx, conhecido como Eddy Merckx e apelidado de “O Canibal”, deixou um legado impressionante no esporte. Nascido em 17 de junho de 1945, em Meensel-Kiezegem, Bélgica, Merckx alcançou a glória no ciclismo, conquistando o Campeonato Mundial de Ciclismo de Estrada e dominando competições como o Giro d’Italia e o Tour de France. No entanto, sua história vai além das vitórias: desde uma infância humilde até as controvérsias e a contribuição para o esporte após a aposentadoria, existem aspectos da trajetória deste ícone que podem ser desconhecidos do grande público.

Iniciando sua carreira profissional com um título mundial amador, Eddy Merckx logo despontou no cenário internacional do ciclismo. Embora não fosse afeito aos estudos convencionais, sua paixão pelo esporte e a decisão de se dedicar exclusivamente ao ciclismo foram cruciais para seu sucesso. Essa escolha resultou em um início promissor aos dezesseis anos e uma série de conquistas que se seguiram.

Ao longo dos anos, Merckx acumulou mais de quinhentas vitórias oficializadas, incluindo os prestigiados cinco Monumentos do Ciclismo. Entretanto, sua vida não se resumiu apenas às competições. Após retirar-se das pistas em 1977, ele fundou uma empresa para produzir bicicletas profissionais, perpetuando seu nome no universo das duas rodas.

Seu legado também se estendeu à família, com seu filho Axel tornando-se gestor de equipe ciclística nos EUA e seu neto Luca Massó alcançando vitória olímpica no hóquei pela Argentina. Além disso, Merckx exerceu papéis diretivos importantes, como na seleção belga e na organização do Tour do Catar.

A Controvérsia e o Legado

Um episódio marcante em sua carreira foi a desclassificação durante o Giro d’Italia de 1969 por um suposto consumo de substâncias ilícitas – acusações que foram posteriormente questionadas pela União Ciclística Internacional. Esse momento controverso é apenas uma das muitas facetas da vida desse atleta excepcional que cativou admiradores pelo mundo.

A história de Eddy Merckx é um exemplo de perseverança absoluta e paixão pelo ciclismo. Suas contribuições ao esporte, tanto dentro quanto fora das competições, ajudaram a moldar o ciclismo moderno e garantiram que seu nome fosse lembrado como uma eterna lenda esportiva.

Nome Conquistas Após Carreira
Eddy Merckx (“O Canibal”) – 5x Campeão do Tour de France
– 5x Campeão do Giro d’Italia
– Vencedor de 5 Monumentos do Ciclismo
– Campeão Mundial de Ciclismo de Estrada
– Fundou empresa de bicicletas
– Papéis diretivos em seleção belga e eventos
– Organização do Tour do Catar
Data de Nascimento 17 de junho de 1945, Meensel-Kiezegem, Bélgica
Controvérsia Desclassificação no Giro d’Italia de 1969 (revisado pela UCI)
Legado Familiar Axel Merckx (gestor ciclístico), Luca Massó (hóquei)

Com informações do site Giro do Ciclismo.

Deixe um comentário